domingo, 22 de agosto de 2010

De Oz, Stars Hallow e Hogwarts direto para a realidade

Passando pelas ruas, olho para cima, para baixo e a realidade me engloba. Vejo pessoas brigando, comprando, vendendo, sofrendo, vivendo e seguindo a vida baseada no que denominaram como "modo de viver".
Esse tal modo que faz com que todos pensemos apenas em nós e no que ganhamos com cada passo que damos. Esse jeito, imposto por não sei quem, que faz com que realidade, tecnologia, beleza e dinheiro sejam os substantivos, abstratos ou não, mais comuns na boca, no bolso e na cabeça das pessoas.
Continuo seguindo em frente, um pouco envergonhada, segurando meu banquinho -no qual minutos atrás eu estava em cima gritando e tentando (inutilmente) fazer com que as pessoas percebam que tudo o que precisam é de imaginação, de um bom livro, de uma tarde vaga assistindo filmes antigos e de música boa tocando.
Chegando em casa, depois de contar 57 pessoas olhando estranho para "a louca", mais conhecida como eu, deito com tudo em minha cama, sem me importar mais com nada, indo de encontro ao mundo que eu mais adorava. Meu mundo, meus sonhos, minhas coisas.
Lá eu recebi o cupom dourado da Fantástica Fábrica de Chocolates e segui o coelho até o País das Maravilhas e, ainda por cima, fiz tudo isso e muito mais tomando cerveja amanteigada -a qual comprei em Hogsmead.
Lá eu passei horas conversando com Lorelai e Rory Gilmore, bem no jeito Gilmore de se conversar e resolvi alguns casos supernaturais com Sam e Dean, não esquecendo de dar uma passada no Central Perk e tomar um café com Rachel, Ross, Monica, Chandler, Joe e Phoebe.
Lá eu encontrei mais gente que, assim como eu, acredita que o futuro está nas mãos dos sonhadores, aqueles que não têm medo de seguir em frente e ser original, aqueles que, apesar de tudo, sempre encontram um pouquinho de felicidade com coisas simples, aqueles que dependem sim do futuro e de suas tecnologias, mas apenas aproveitam seus benefícios e não querem estar à frente de todos. Aqueles que realmente sabem viver.
E, enquanto passeava pela estrada de tijolos amarelos, um sonzinho irritante, já bem conhecido por mim começou a tocar e junto com os tijolos amarelos, minhas fantasias eram levadas pelo dia que amanhecia e pelo despertador que insistia em tocar.
Mais um dia começara no mundo real, no qual eu, eterna sonhadora, me preparava para adentrar. Sempre com um delírio (por menor que fosse) em mente, apenas para manter-me entretida, caminhava porta à fora, já encarando as pessoas (ou robôs) que, ao meu redor, me olhavam feio por causa de minhas roupas.
Como já dizia minha querida Amélie Polain, "São tempos difíceis para os sonhadores..." e eu, concordando totalmente com ela, sabia que no fundo, o mundo realista não era nada sem nós, porque, francamente, em mundo cinza, triste e real ninguém gostaria de viver, por isso eu continuo com o meu pincel, transformando cada parede cinza que encontro em um novo arco-íris.

Estou tentando, pela primeira vez, escrever um textinho de acordo com o que o Blorkutando propõe, o tema dessa semana é: Sonhadores e eu, como mais ninguém, precisava escrever sobre.
Prometo que no próximo post posto os selinhos que me mandaram e respondo os memes!

12 comentários:

Ana Lu disse...

Ei Júlia
=]
Obrigada pela visita, volte sempre!
Gostei do seu blog tbm, e me identifiquei mto com seu texto, pois tbm amo sonhar, e sou viciada na maioria dos personagens que vc citou,hahaha.
Beijoss!

Claudia Porto disse...

Teu cantinho tbm é lindo, adorei tudo por aqui.
Aconchegante,dá vontade de nem sair mais...rs
Bjs guria e volte sempre! ;)

Romário Reat disse...

Nossa, eu gosteeeeei muito. E ainda dei umas boas risadas. MSLKAMASLKSAM cerveja amanteigada *-* que inveja! É o terceiro texto que eu mando ao Blorkutando e nunca ganhei ): espero que você me supere e leve pódio nesse primeiro texto :D parabéns e boa sorte! :)

Tainã Almeida disse...

Oii seu blog é bem legal, depois passa no meu?

http://blogdeumagarotaadolescente.blogspot.com/

Beijjos.

Lu disse...

Oii

obrigada ir ao meu blog e comentar também.

Gostei do seu, e sempre que puder estarei por aqui.

bjs

Desirée disse...

Bonito texto, boa sorte no tema do blorkutando. *-*
Estou seguindo o blog, bjs.

Bruna Bianconi disse...

Adorei o seu texto baseado no tema, e posso tomar café com você e os 'Friends'? hahaha meu sonho.

Tá tudo lindo aqui como sempre.
Beijos

Camila Lemos , disse...

Gostei do texto, engraçado HUHU :}
Boa sorte no Blorkutando.

Seguindo!

Guilherme Augusto Codignolle Souza disse...

Gostei do texto... Conheci vc pelo blokurtando. E vc msma acabou me inspirando a escrever sobre outro tema deles...

http://codignolle.blogspot.com/2010/08/oceano-de-mentiras-bolhas-em-extincao.html

Mas gostei mt do seu trabalho. Olhei uns outros posts... Ganhou um seguidor. ^^
Se tivr tempo, passa la no meu blog e me segue tbm se gostar do q encontrar:

http://codignolle.blogspot.com/

NATASHA M. disse...

aah eu adorei totalmente o seu texto, ainda mais eu que também faço parte do tão incrível mundo dos sonhadores. Lá com certeza é muito melhor do que esse nosso mundo real e sem graça ou magia.
Gostei do blog, se quiser, dá uma passada lá no meu!
Beijos :*

Gabriela Andrade disse...

Vi o seu texto no blorkutando e realmente, é incrível. Gostei do teu blog! Um bjo!

Felicidade Clandestina. disse...

a procura de um sonho bom pra se sonhar ... tempos dificeis , concordo cm a Amelie tambem ^^ amo vir aqui :* texto lindo *-* i see

beijos flor